Sexta-feira, 3 de Junho de 2011

DESPESAS, LUCROS E RESPONSABILIZAÇÃO

 

 

Acompanhei com alguma curiosidade o caso, que é público, do diferendo entre dois namorados (depois ex-namorados) que não se entenderam sobre a divisão em partes iguais do primeiro prémio do Euromilhões que em conjunto lhes saiu em sorte.

Mais ela do que ele.

O valor fora depositado na conta do pai da “sócia”. E o componente masculino da sociedade começou a ver a vida dele a andar para trás quando o futuro, depois ex-futuro sogro, se preparou para abocanhar a totalidade do prémio.

Embora a coluna ganhadora fosse da autoria da filha, o homem esquecera que fora o jovem que pagara a entrega do boletim e que ambos jogavam desde há algum tempo em “sociedade”, o que pressupõe uma divisão equitativa, tanto dos lucros, como dos prejuízos.

Toda a história é conhecida, após os mais de três anos em que os tribunais tiveram a querela em agenda, que chegou à Relação na perspectiva de uma divisão em partes iguais. E donde saiu com igual resultado.

A não ser que algum dos dois ainda se prepare para levar o assunto até ao Supremo, a atribuição do prémio em partes iguais é, sem qualquer dúvida, a decisão mais sábia que a Justiça encontrou para este caso. E era fácil que assim acontecesse, pois nem lembra ao diabo inventar uma querela destas.

Não será bem uma divisão em partes iguais. Há uma fatia, bem grossa, de despesas que os Tribunais escrituraram a seu favor, sem falar nos honorários a que os advogados de ambas as partes têm direito.

*****

 

Está aqui subjacente uma questão mais funda, em termos de uma desmedida ambição por parte da jovem, em que é esquecida a ética das relações e o princípio de seriedade que deve envolver as pessoas. Mudar as regras depois do jogo iniciado é a “lógica do poder” quando os agentes desse mesmo poder pretendem manter as regalias a qualquer custo, mesmo contrariando aquilo que qualquer um percebe que está errado.

Foi assim com o pai da menina que  quis apossar-se  da sociedade para  arrebatar sozinha os lucros, quando os prejuízos, leia-se custo do boletim, haviam sido assumidos pela contra-parte.

****

É assim com o secretário-geral do PS.

Todas as instâncias – Europa/BC/FMI – reconheceram que foi tardio o pedido de resgate, circunstância que onerou demasiado os juros cobrados a Portugal e que poderia ter comprometido essa indispensável ajuda.

Mas, ainda hoje, no final da campanha, continua a dizer que foi a oposição, ao chumbar o PEC IV, quem levou o País à crise. Não diz que foram os seis anos de regabofe, a falta de controlo do sistema financeiro, o crescimento desmesurado da máquina estatal e dos institutos, empresas públicas e não públicas que continuaram (e continuam) a comer as melhores fatias à mesa do orçamento.

Não diz que foi a proliferação dos “boys” e a falta de critério nas despesas, cujos concursos deixaram de existir, substituídos por adjudicação por interesse público. O que dá para tudo quanto se queira.

Não diz que foi a falta de incentivos à produção, na enganosa ideia dos cento e cinquenta mil postos de trabalho a criar, que se transformou na perca, isso sim, de mais de duzentos mil.

Nada disso se diz. Nem da inépcia governativa de um grupo de gente que, ao longo dos seis anos da sua acção, sempre relevou os interesses grupais, perdendo decisivamente de vista os verdadeiros interesses do País. Os casos e enleios que vieram ao de cima e foram sucessivamente abafados ficaram a atestar a incompetência.

Tal como a ex-namorada vencedora do Euromilhões – que pensa numa decisão favorável por parte do Supremo – será que este José Sócrates ainda espera que seja todo o povo português a pagar as despesas, para que os lucros políticos (e não só) continuem a ser pertença sua?

Seria bom que esses pretendidos lucros políticos se transformassem em verdadeira responsabilização de quem contribuiu para os rombos desta nau com mais de oitocentos anos de navegação e em risco de afundamento. 

 

LH

 

 

 

publicado por TAVINOTAS às 16:02

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. DESPESAS, LUCROS E RESPON...

. Aqui d'el Rei

. Elos Clube de Tavira faz ...

. Antevisão

. Fwd: Este sim é esperto!

. Olhar de lince

. Tavira mudou de rumo?

.arquivos

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds